Por quê a numeração das alianças pode influenciar no valor da joia?

Você provavelmente já deve ter percebido que, ao fazer o orçamento de um par de aliança, é muito comum ouvir a seguinte pergunta: “Qual a numeração do casal?”

Mas, afinal, por quê as medidas dos aros pode influenciar no valor do par de alianças?

De uma maneira bastante resumida, quando as alianças têm numeração acima da média é necessário utilizar mais ouro na confecção do mesmo modelo e, por isso, o valor das joias sofre alteração.

Ainda não fez sentido? Vamos exagerar nos exemplos para que fique mais fácil de compreender:

Imagine que você tenha duas fitas métricas idênticas.

Com uma das fitas você vai medir o seu braço e com a outra, a sua coxa. Vamos supor que você tenha chegado aos seguintes resultados:

Circunferência do braço: 35 cm

Circunferência da coxa: 70 cm

Suponha que você corte as duas fitas exatamente nas marcas de 35 e 70 centímetros, eliminando qualquer resto de fita. Agora, estique as duas ficas métricas cortadas lado a lado, uma com 35 cm e outra com 70 cm.

Imagine então que essas duas fitas métricas sejam feitas de ouro.

Obviamente, a fita de ouro com 70 cm, utilizará muito mais material para ser feita. E consequentemente terá maior valor que a fita menor.

Exatamente a mesma ideia é válida para as joias: considerando um mesmo modelo de aliança, uma joia com numeração elevada, vai demandar maior quantidade de ouro.

Ainda não ficou muito claro? Continue lendo para entender melhor!

Toda joia possui um peso estimado

Cada modelo de joia tem uma certa estimativa de peso. Ou seja, para que ela seja produzida, uma determinada quantidade de ouro é necessária.

A quantidade de ouro varia conforme o modelo da joia ou, nesse caso, do par de alianças. Quanto mais largo e mais robusto o modelo for, mais ouro será necessário em sua confecção e, por isso, maior será o seu valor.

Veja a foto abaixo:

Na foto acima, fica bem fácil perceber qual modelo é mais pesado, certo? Com certeza, o modelo da direita precisará de maior quantidade de ouro para ser confeccionado, já que sua largura é maior. Portanto, terá valor mais elevado.

Fazendo uma analogia bem simples, seria o mesmo com as barras de chocolate abaixo:

Quando falamos de comida, fica muito mais fácil ver a diferença, não é? Isso ocorre, pois estamos habituados a saber que os pacotes maiores terão mais conteúdo e, por isso, irão custar mais. Com as joias, a ideia seria basicamente a mesma. Só que, por o material em questão ser ouro, o valor pode variar bastante de um modelo para o outro 🙂

Como é estimado o peso da joia

espessura

Para que um anel possa ser produzido, 3 medidas devem ser levadas em conta: Largura, Espessura e Diâmetro Interno. Essas medidas, além de servirem de parâmetro para o trabalho dos nossos profissionais, também influenciam diretamente no custo da aliança, pois determinam a quantidade de material necessária para a confecção da joia.

largura é a parte mais visível da aliança. Essa característica é umas das mais relevantes no aspecto estético da joia: quanto mais larga, mais aparentes serão as alianças.

Já a espessura, também conhecida como “altura da aliança”, fica escondidinha na lateral da joia. Essa medida está diretamente associada a quantidade de material utilizada na joia.

diâmetro interno nada mais é do que a medida do seu dedo.

A maioria dos clientes consegue entender muito bem que a largura influencia na quantidade de ouro, mas possuem bastante dificuldade em entender por que a espessura e o diâmetro interno também são relevantes.

Explicando a relação com a Espessura de uma maneira bem simples, lembre novamente do exemplo da barra de chocolate acima. Vamos supor que você queira colocar o conteúdo da barra de chocolate pequena dentro do pacote da barra de chocolate grande. O que aconteceria nesse caso?

Bom, primeiro você teria que derreter toda barra de chocolate pequena, depois, seria necessário molda-la de modo a ocupar todo pacote grande. É bem fácil perceber que o chocolate teria que ficar bem mais fino para ocupar todo o pacote grande, né?

O mesmo ocorre com as alianças. Quanto maior a largura e a espessura desejada, mais ouro será necessário utilizar para confeccionar a joia.

 

Entendi… mas o que a medida da minha aliança tem a ver com tudo isso?

Para entender melhor, vamos pegar como exemplo um par de alianças de um mesmo modelo:

Conforme falamos acima, todo modelo de joia tem seu peso estimado. No caso de um par de alianças, para que seja possível estimar o peso das joias, nós levamos em consideração numerações médias. 

Normalmente, a maioria das mulheres costuma ter a medida do dedo anelar entre as numerações 12 até 17.
Já os homens, comumente tem a medida do dedo anelar entre as numerações entre as numerações 19 até 24.

Para que as medidas, juntas, sejam consideradas dentro da média estimada para o par de alianças, o ideal é que elas não ultrapassem 40 quando somadas.

Por exemplo:

Noiva com medida 14 e Noivo com medida 22: 14+22 = 36 (Numerações dentro da média!)

Noiva com medida 16 e Noivo com medida 24: 16 + 24 = 40 (Numerações dentro da média!)

Noiva com medida 20 e Noivo com medida 20: 20 + 20 = 40 (Note que, mesmo a aliança feminina estando acima da média, a numeração masculina compensou na soma).

Quando a soma das medidas ultrapassa o número 42 é necessário que seja acrescentado ouro para que a joia mantenha suas características originais. Do contrário, a joia ficará com menos espessura. Quanto maior for a soma das medidas do casal, menor será a espessura das alianças e, consequentemente, mais frágil as joias irão ficar.

Voltemos ao exemplo das fitas métricas:

Imagine que você queira utilizar a fita cortada com 35 centímetros (medida da circunferência do braço), para envolver a sua coxa. Fica bem claro que não haverá fita suficiente para circundar toda a coxa, né? Nesse caso, você poderia tentar esticar ao máximo a fita e o que aconteceria? Provavelmente ela iria afinar e arrebentar.

A ideia é justamente a mesma com as alianças: caso não seja adicionado ouro ao par de alianças com medidas acima da média, ele ficará prejudicado. Por isso, um par com medidas maiores irá demandar maior quantidade de material!

Como o ouro é um material flexível, é possível fazer, como a mesma quantidade de material, diferentes numerações de alianças. Mas isso somente até um certo limite. Por isso, sempre que a soma da numeração do casal ultrapassar 42 a quantidade de estimada de ouro deverá ser aumentada para manter a sua qualidade. 🙂

Já sabem qual a numeração de vocês? Conta pra gente nos comentários se estão dentro da média! 🙂

 

Click Here to Leave a Comment Below